Merenda escolar:

fator de freqüência do aluno na escola pública?

 

Pesquisador: Bezerra, José de Arimatea Barros1

 

1. Professor Departamento de Ciências Humanas FECLESC/UECE.

 

 

 

 

Trata-se de um estudo compreensivo da temática alimentação na escola. Especificamente, investigo a influência da merenda escolar na freqüência do aluno à escola pública de ensino fundamental. Nesse estudo de caso, procuro verificar tal influência a partir da fala de alunos, professores, diretores e merendeiras de uma escola. Investigo também a partir de observações do cotidiano a necessidade da clientela da escola quanto a merenda escolar. Complementando esse levantamento com dados comparativos coletados de diários de classes referentes a períodos de existência e de falta da merenda escolar. Parto da preocupação com a representação sobre tal atividade que se encontra naturalizada no discurso de significativo número de docentes e profissionais da educação, segundo a qual a merenda escolar é o principal motivo da ida do aluno à escola. Como suporte teórico, uso a teoria da ação social (Bourdieu, 1998), especialmente a noção de habitus e a fundamentação geral da teoria das representações sociais, conforme Moscovici (1978).